imprensa

vigilância Epidemiológica

09/07/2018

Brusque mantém cobertura acima da meta na maioria das vacinas

O Ministério da Saúde emitiu alerta, na última semana, pois 312 municípios estão com baixa cobertura para vacina contra poliomielite. Em Brusque, porém, 97,47% do público-alvo, foi imunizado.

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Natália Cabral Marchi, de modo geral a cobertura vacinal no município está dentro da meta, que é de 95% do público-alvo. Algumas vacinas não atingiram o percentual esperado, mas houve períodos de desabastecimento, como é o caso da tetraviral (72,54%). Também há de se levar em conta o fator do movimento migratório na região.

“Em alguns casos, a vacina é feita em duas doses e segunda pode parecer abaixo da meta, mas é porque a criança ainda está em período de ser imunizada. Um exemplo é a VTV que temos cobertura de 93% na primeira dose e 87% na segunda”, explica.

Em Brusque as vacinas BCG e hepatite em recém-nascidos são feitas diretamente na maternidade. Por este motivo estas vacinas estão com coberturas superiores a 100%, pois bebês de outros municípios da região são imunizados também. As Unidades Básicas de Saúde realizam busca ativa de crianças faltosas, como as de idade até um ano, que necessitam tomar vacina todos os meses.

“As pessoas precisam estar cientes da importância da vacinação, que é a melhor forma de prevenção contra doenças que podem, até mesmo matar. Nossas vacinas são seguras e não há motivos de preocupação. É importante lembrar que adultos também precisam manter o esquema de vacinação atualizado”, finaliza Natália.

No mês de agosto o Ministério da Saúde realizará em todo o país a Campanha de Multivacinação para quem tiver vacinas atrasadas ter a oportunidade de atualizar a caderneta. O Dia D está marcado para 18 de agosto.