imprensa

Esap

12/07/2018

Prefeitura de Brusque realiza Ciclo de Formação da Rede Municipal de Ensino

Com o objetivo de promover a troca de experiências e o compartilhamento de ações assertivas no ambiente de trabalho, a Prefeitura de Brusque, por meio da Escola Superior de Administração Pública (Esap), realiza o Ciclo de Formação Continuada da Rede Municipal de Ensino.

O evento ocorre nos próximos dias 19 e 20 de julho, na Uniasselvi/Assevim e no Instituto Federal Catarinense (IFC), reunindo cerca de 1280 servidores públicos diretos ou indiretos da Secretaria Municipal de Educação, que apoia a ação. Ao todo, conforme o responsável pela Esap, Eduardo Arruda Costa, serão cerca de 250 oficinas sobre os mais variados temas, oferecidas aos participantes.

“Estamos fazendo com que os profissionais participem do ciclo e mostrem para os servidores da Educação que nós temos bons projetos e um bom desenvolvimento das atividades dentro da administração. E esse momento é pra isso: congregar forças, interação entre os colegas, para todos trocarem experiência, com o grande objetivo de enriquecer o ambiente escolar”, enfatiza.

Eduardo comenta ainda que, para tornar o evento possível, a Esap contou com outras diversas parcerias, sobretudo da Uniasselvi Assevim, do Instituto Federal Catarinense (IFC), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), da Secretaria Municipal de Saúde, Fundação Cultural de Brusque, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Clínica Uni Duni Tê, Secretaria de Estado da Educação, Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) e Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação.

O resultado de todos esses convênios são as diversas temáticas de oficinas disponibilizadas aos inscritos. Defesa Civil na Escola, Vigilância em Saúde, Coleta Seletiva no Ambiente Escolar, Autismo: Vivências e Práticas Escolares, Oralidade nas Práticas Pedagógicas, Noções em Primeiros Socorros, a Música na Sala de Aula, Reflexões Sobre as Contribuições do Serviço Social para a Educação e Transtorno do Espectro do Autismo na Perspectiva Educacional são alguns dos exemplos.

“Os temas são diversos, mas sempre pensando no dia a dia das escolas”, finaliza o servidor.